24 de fev de 2009

Soldner-X - Himmelsturmer (PS3 / PC) - SideQuest Studio

Há muito tempo eu ouço falar deste jogo. O PC tem poucos shmups comerciais de peso, embora conte com uma vasta biblioteca de excelentes jogos homebrew, e dada a produção e a quantidade de dinheiro gasto com propaganda, Soldner-X tinha tudo para ser um excelente jogo.

É, tinha, mas não foi.

Era possível ver propaganda no Play-Asia, no Gamefaqs e em meia-dúzia de grandes sites, até na EGM e na Gamespot. O tal do SideQuest Studios realmente chutou o balde em termos de planejamento de marketing. Quem dera eles tivessem tido o mesmo cuidado com a criação do jogo, que deixou muito à desejar em vários pontos.

Como é um sub-jogo, não vou nem perder muito tempo falando. Vamos logo aos números que são o que interessa.

Gráficos: 9

É o típico caso de "bonitinho, mas ordinário"...

Sim, você não está vendo errado. Soldner-X é lindo graficamente. Cheio de efeitos de luz, fragmentação de inimigos em partículas, fumaça, física e tudo mais que tem direito. A direção de arte não economizou recursos para deixar o jogo, no mínimo, lindo. O único problema da parte gráfica, ao meu ver, é o excesso de eye-candy. Tem horas em que não é possível diferenciar o que é cenário do que é inimigo, dado o alto nível de detalhe de ambos. Deveria haver alguma forma de diferenciar, visto que é possível morrer várias e várias vezes batendo em algo "por engano".

Som: 6

A música do jogo é quase boa. Ela é bem grudenta e tem vários instrumentos, com melodias medianamente trabalhadas, que não roubam a atenção do jogador. Porém, variam muito pouco e tem algumas que são bem ruins, chegando a irritar. No geral, elas são bem-feitas, mas podiam ter mais "brilho". Boa parte delas parecem um tecladinho de churrascaria, ainda que bem-tocado.

Desafio: 3

Não é um desafio baixo, veja bem... é um desafio muito mal-balanceado. Os inimigos seguem em padrões ridículos e existem vários momentos onde é impossível (não, não é difícil, é impossível mesmo!) se esquivar das ondas de tiros! Mais um jogo onde o game-designer não tentou passar pelas fases que ele mesmo criou! Existem momentos absolutamente monótonos e outros onde não há a menor chance do jogador superar a fase. Em outras palavras: Ridículo.

Arte conceitual nota 10. Level design, nota 0.

Diversão: 4

Soldner-X tem um punhado de armas e há todo um sistema de aquecimento, desaquecimento e combos. Quando você usa demais uma arma, ela aquece, e é necessário mudar para outra arma. O combo é feito quando você mata vários inimigos com uma arma só, perdendo o "combo chain" caso algum escape ou troque de arma. Não há muito mais além disso, do começo ao fim do jogo. Algumas armas são bem ruinzinhas e aparentemente não fazem dano algum nos inimigos. Há inimigos, ainda, que você só descobre que não são imortais por acaso. Fora isso, é um jogo bem comum, com inimigos que se repetem à rodo e fases bem iguais umas às outras.

Overall: 5.5

Não espere nada desse jogo além de um trabalho gráfico profissional seguido de uma equipe técnica enormemente mal-preparada. Diversão para tardes chuvosas e olhe lá. Não é um shooter atual de peso como Raiden Fighters Jet, Ikaruga, ou o recém anunciado Death Smiles 2. Ele é apenas e tão somente uma releitura dos antigos shooters de Amiga como Project-X, com a diferença que Project-X era bom para a época.

PS: Nem pense em jogar sem joystick. A tortura será ainda maior.

PS2: A versão de PS3 é, pelo menos, um pouquinho melhor que a de PC ou é idêntica?

23 de fev de 2009

Funeral de um Xbox 360

Post de piada, sem ter muito à ver com shmups.

Alguns dos momentos mais trágicos de se ter um aparelho eletrônico, em especial um videogame, é quando ele morre. Especialmente quando morre várias e várias vezes como os X360s. É um aparelho caro, que dá muito problema e que muitas vezes serve até de propaganda positiva para os concorrentes.

No entanto, algumas pessoas conseguem fazer piada com a morte de um X360.Veja aqui o funeral.

21 de fev de 2009

Shooting Historica vol. 3 vem aí !

Enquanto o post de Soldner-X não fica pronto (acabei de pegá-lo, não tive como jogar devidamente), vou postando outras novidades. Só assim para transformar o Carnaval em algo produtivo.

Enfim, vem aí Shooting Historica Volume 3! Como sempre, eles lançam com alguma antecedência e algumas navinhas que são meia-bocas. De cima para baixo e da esquerda para a direita, os novos modelos serão a Raiden Mark 2, o submarino de In The Hunt, a S.O.Q.-004 de Soukyugurentai / Terra Diver (o jogo mais subestimado dos shooters modernos!), o mech de Wolf Fang e o cyber-panzer de Granada, que é um irmão mais velho de Battle City de NES, e um jogo muito esquisitinho que eu sinceramente não sei porque o mundo oriental gosta tanto.

Segundo esta outra imagem, ainda teremos uma nave secreta, no canto inferior direito. Alguém chuta qual é? Eu não consegui identificar.

3 de fev de 2009

Maior Space Invaders do mundo.

O ócio é uma coisa perigosa, especialmente se aliado ao conhecimento técnico.

E com vocês, o maior Space Invaders do mundo.

Não sei se é fake ou não, mas eu adorei a idéia.