8 de ago de 2011

Transformers: Cybertron Adventures (Activision, 2010)

Não, você não está vendo errado! Transformers: Cybertron Adventures é um jogo totalmente diferente de Transformers: War for Cybertron. Acredito que por ser um jogo bastante complexo, o pobre do hardware do Wii não deu conta de um TF:WfC e o jogo teve de ser totalmente alterado, ao ponto de se tornar algo tão diferente da proposta original que até trocaram o título. Apesar da história ser mais ou menos a mesma, a jogabilidade é muito diferente. Não é possível controlar o movimento dos personagens nem quando eles vão se transformar ou não. Como é um Rail Shooter, feito um Panzer Dragoon ou Rez, você apenas "segue o fluxo" e vai destruindo tudo no caminho. É possível escolher quais armas usar, em quem vai atirar e, claro, quando vai ou não vai se esconder atrás de um pedaço de cenário (fundamental para sobrevivência em alguns episódios). Aparentemente, é um jogo inferior às outras versões, mas não se deixe enganar: TF:CA é bem divertido, bonito, com boa produção sonora e ação que não acaba mais!

Assim como nos outros games, é possível escolher entre os Autobots e Decepticons (os bonzinhos e os vilões) do jogo, e as campanhas até que são razoavelmente longas (4 ou 5 horas cada uma), com bons diálogos, piadinhas, excelentes dublagens e uma qualidade gráfica excelente para um Wii. A jogabilidade é aquela já citada (atire, escolha a arma, esconda-se), mas cumpre bem seu papel. Em alguns momentos o personagem se transforma em veículo (alguns são carros, outros são aviões) e aí o jogador pode controlar mais a ação, pilotando e atirando ao mesmo tempo. Apesar de serem poucas armas e de todos os personagens terem praticamente as mesmas, cada uma tem sua utilidade e funciona melhor em determinadas situações. Se o alvo estiver muito longe, não tente usar outra que não o rifle sniper. Se são inimigos voadores ou que ficam se movendo, use os mísseis. Se são muitos inimigos, gatling gun, e por aí vai.

Aqui vai o boletim de Transformers: Cybertron Adventures:

Gráficos: 8,0 - Tem horas que você realmente se sente dentro de um desenho animado.
Som: 7,0 - Nada de demais. Segue fiel ao desenho e é bem executado.
Desafio: 5,0 - O jogo é bem fácil e não apresenta um desafio para muito de nós, pilotos profissionais.
Diversão: 7,0 - Aponte, atire, recarregue, esconda, aponte, atire, recarregue, repita o processo.
Total: 6,75 -Apesar de um pouco repetitivo e sem muitas opções, o jogo é bem-executado e vale uma chance.

Um comentário:

Nuno Pereira disse...

Os jogos da Wii estão-me a passar despercebidos :(